13 de mai de 2013

Bahia é sucesso em Turismo Rural

A Bahia é um estado cujo setor turístico sempre esteve na vanguarda nacional em termos de organização e profissionalismo.

E no que tange ao segmento rural, não poderia ser diferente: o estado possui riquíssimas expressões artísticas e culturais, diversos territórios com identidades diferentes, uma gastronomia diversificada, e um mundo rural litorâneo absolutamente encantador.


         

Como dissemos na postagem anterior, até o final dos anos 90 as atividades turísticas voltadas ao espaço rural estiveram concentradas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País, com algumas iniciativas surgindo na região Nordeste, mais precisamente no estado da Bahia.

Essas iniciativas começaram a ocorrer porque, na década de 80, os municípios que desenvolviam a cultura cacaueira foram fortemente afetados por um praga, a chamada Vassoura de Bruxa, que desestruturou completamente a atividade agrícola naquela região. Assim, essas pessoas resolveram voltar-se para o Turismo Rural como alternativa de geração de renda.

Ao longo dos anos 90, por meio de iniciativas do Sebrae, surgiram alguns programas de fomento ao Turismo Rural em regiões do Recôncavo Baiano, porém muito timidamente, e aquém da potência turística do estado. Entretanto, com a implantação desses programas, pôde-se observar um crescimento absoluto de 13 propriedades iniciais para 70 em 2002.




A Bahia foi a pioneira em Turismo Rural no Nordeste brasileiro, embora o Governo do Estado tenha reconhecido o pleno potencial desta atividade há poucos anos.




Outro fator que também contribuiu para o crescimento inicial do Turismo Rural baiano foi o impulso midiático recebido pela a veiculação da novela Renascer, da Rede Globo, em 1993 – que narrava, ao melhor estilo de Jorge Amado, a saga de um fazendeiro da zona cacaueira de Ilhéus.

Isso acabou atraindo para aquele local um grande número de visitantes e curiosos, o que possibilitou, de certa forma, o resgate das tradições e das técnicas utilizadas no beneficiamento do cacau. A Fazenda Primavera, por exemplo, onde foram filmadas diversas cenas da novela, é considerada hoje como o berço do Turismo Rural na Bahia.




Fazendas e assentamentos de café e cacau passaram a receber turistas, assim como comunidades quilombolas, cooperativas de produtores familiares, indígenas e pescadores artesanais.



O fato é que, a partir de 2007, com a reestruturação da Associação Baiana de Turismo Rural (Abattur), surgiram as primeiras iniciativas para a elaboração de um Programa Estadual de Turismo Rural, que culminaram em 2008 com o Seminário Estadual para o Desenvolvimento Sustentável do Turismo Rural na Bahia, promovido pela Secretaria do Turismo do Estado da Bahia (Setur) em parceria com a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A (EBDA).

O foco central das ações era possibilitar a manutenção da tradicional economia campesina (agricultura, pecuária e pesca), associando-a com atividades que gerassem um novo valor aos produtos do campo.

Para isso, as estratégias implementadas incluíram desde projetos em produção associada até oficinas e seminários de capacitação – o que impulsionou diversas comunidades rurais a abrir suas portas e começar a receber turistas.



Hoje em dia, o Turismo Rural está espalhado por praticamente todas as regiões da Bahia, com empreendimentos de alta qualidade e atrativos encantadores, criando cada vez mais oportunidades de emprego e renda para a população.



Como não poderia ser diferente, a primeira região da Bahia a despertar para o Turismo Rural foi a Costa do Cacau, liderando até hoje, em número de propriedades, esse nicho de mercado. Mas regiões como o Recôncavo Baiano e a Chapada Diamantina também já são reconhecidas como áreas consolidadas no cenário do Turismo Rural brasileiro.

E o mais importante: atualmente existem inúmeros empreendimentos de alta qualidade na Costa das Baleias, Costa do Dendê, Chapada Norte, Chapada Diamantina, Vale do Jiquiriçá, Chapada Diamantina, Costa dos Coqueiros e até na Costa do Descobrimento.


         


Para saber mais sobre o Turismo Rural na Bahia, acesse:

          turismorural.org.br
          bahia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário