24 de jul de 2013

Turismo Rural no Amazonas


Conhecido internacionalmente pela sua
vocação ecoturística, o estado do Amazonas
inova investindo no Turismo Rural.




O turismo amazonense é fruto do fascinante encontro entre a selva e civilização. Com uma área que corresponde a quase 20% do território brasileiro, o Amazonas abriga o mais importante ecossistema do planeta: a Floresta Amazônica. Daí sua vocação histórica – e mundialmente celebrada – para o chamado Turismo de Natureza (Ecoturismo, Aventura e Turismo de Experiência na floresta).

Entretanto, o Amazonas também é um estado cada vez mais rural...

Antes de tudo é preciso dizer que a monocultura e a pecuária intensiva realizadas na Amazônia vêm destruindo sistematicamente o ecossistema da Floresta, impondo ao ambiente formas de produção absolutamente nocivas, predatórias e insustentáveis – o que, do ponto de vista turístico, significa a extinção da atividade



Por outro lado, existe no território um movimento inverso, a favor da sustentabilidade no ambiente rural. É no Amazonas, por exemplo, que encontramos alguns dos mais bem sucedidos exemplos da agricultura familiar brasileira.

Atualmente, a produção familiar representa 85% do total de unidades agrícolas no estado! Mas há um problema: a contribuição desses empreendimentos para a economia é muito baixa, pois o Amazonas importa 90% dos produtos que consome...


Nesse cenário, o Turismo Rural desponta como a alternativa mais viável e eficaz para o desenvolvimento sustentável e diversificado das comunidades rurais amazonenses.




Rio Preto da Eva é o município pioneiro em Turismo Rural no Amazonas. 

Localizado ao norte do estado, Rio Preto da Eva integra a região Metropolitana de Manaus. Sua economia é voltada basicamente para o cultivo e a produção de cítricos, e seu território conta com um grande número de sítios e fazendas absolutamente fantásticas para o desenvolvimento do Turismo Rural.

Um detalhe importante é que o município conta com uma estrutura regular de serviços e com acesso facilitado, pois recebe um fluxo relativamente constante de turistas oriundos de Manaus, que chegam em busca de finais de semana bucólicos – com direito a "igarapés de águas correntes e frias" e do tradicional "café regional" oferecido na localidade.

Além disso, Rio Preto da Eva dispõe de um calendário anual de festas e eventos! Seis são os que mais têm atraído o público: a Feira da Banana, que ocorre em maio; a Feira da Laranja, que acontece entre a última quinzena de julho e primeira de agosto; o Aniversário da Cidade, festejado no dia 31 de março; o Festival da Música Gospel, em setembro; o Festival de Verão, em outubro; e o Carnaval Eva me Leva!

Um comentário:

  1. Muito boa a matéria! Fico feliz em ler algo sobre a minha região escrita por não amazônidas. Continuem assim...

    ResponderExcluir